Clique e conheça a plataforma da Educopédia

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Educomunicado 4


“Quando uma criatura humana desperta para um grande sonho

e sobre ele lança toda a força de sua alma,

todo o universo conspira a seu favor”.

Goethe

Caros educopedistas,

A nossa plataforma foi, finalmente, apresentada ao mundo e já é um enorme sucesso. Isso, em menos de 3 meses de trabalho intenso e muita dedicação. Milagre? Não. Crença. Vontade. Idealismo. Responsabilidade. União. Poderíamos colocar aqui várias outras palavras para descrever tudo o que está sendo conquistado, mas temos outros assuntos para tratar.

Famílias:

Há quem diga que as famílias estão super-populosas. Vamos explicar: achamos que todos os educopedistas devem estarconectados a um grupo, não importa se são da SME ou da UFRJ, ou a sua função. Nossa proposta é que as famílias se auto-organizem. A coordenação interna será de responsabilidade de um validador que poderá entrar em contato com a coordenação em casos de problemas. Por exemplo, se não estiverem conseguindo falar com alguém. Uma família necessariamente precisa ter: 1 validador, 4 produtores de aulas, 2 produtores de educossíntese, 2 designers de objetos. As outras pessoas atuarão como“coringas”, ou seja, auxiliarão todos os outros em funções diversas. Dois educopedistas da UFRJ se juntaram a cada família e auxiliarão na inserção da teoria do fio condutor, que devemos voltar a ter em breve. Quando a família não conseguir se auto-organizar, a coordenação auxiliará. Todas as famílias devem estar organizadas até o fim do dia 23.

Processos de produção, validação, revisão e publicação de aulas:

As aulas devem ser produzidas pelos produtores e enviadas para validadores e produtores de educossínteses, sempre com cópia para educopedia.aulas. As educossínteses também devem ser enviadas para validadores. Quando aprovadas, aula + educossíntese serão enviadas para coordenadores, com cópias para educopedia.aulas e educopedia.aprovadas. Coordenadores enviarão as aulas para revisores que, além da revisão, farão a publicação das aulas na plataforma.

Relatórios:

Como os desigers de objetos de aprendizagem e os coringas não têm metas quantitativas, eles terão de produzir um

relatório mensal descrevendo como dedicaram as 40 horas do mês para o projeto. O relatório deve conter:

Data– Quantidade de horas dedicadas ao projeto– Descrição do que foi feito

Haverá um blog coletivo onde designers publicarão os objetos criados ou encontrados para os produtores. Caso não haja demanda da família, designers e coringas deverão trabalhar na revisão e melhoria de aulas já publicadas na plataforma. Essa atividade também deverá ser descrita em detalhes nos relatórios, que serão avaliados pela coordenação para a aprovação do pagamento da bolsa.

Observações importantes:

A maioria das aulas está muito boa, mas há aulas validadas e aprovadas com graves problemas. Precisamos

lembrar que: os produtores agora têm 20 horas e bastante apoio (designers + coringas) para produzirem uma

boa aula.

Todos devem utilizar os padrões, com pergunta-desafio, justificativa e formatação adequadas. A pergunta-

desafio e a justificativa devem contextualizar a aplicabilidade do tema na vida real para estimular a curiosidade

dos alunos e auxiliar os professores na sala de aula.

Devemos olhar para exemplos que já foram publicadas na plataforma (ex: aulas 17 do 8º ano).

Quando coordenadores ou revisores considerarem que a aula foi validada sem atingir uma qualidade mínima ou

foge dos padrões, a aula retornará para os validadores (a partir das aulas do 4º bimestre).

Nossos encontros não são opcionais e incluem informações valiosas para todos. Quando um educopedista faltar

a 2 encontros sem justificativas muito sérias, ele(a) será automaticamente desligado(a) do projeto.

Estamos buscando escolas que tenham turmas do 2º segmento para avaliar a aplicabilidade e o impacto da

Educopédia em sala de aula. A direção e um professor de língua portuguesa ou matemática precisam desejar fazer parte dessa avaliação. A escola precisa estar OK com a parte elétrica e ter um computador e um projetor para serem instalados na sala de aula. A escola ou a CRE comprarão uma caixa de som para ser instalada junto aos outros equipamentos.

Terminamos esse educomunicado por aqui. Um número gigantesco de professores se inscreveu para o nosso processo de seleção e em breve seremos mais de 150 educopedistas construindo essa revolução. Continuemos alegres, unidos e orgulhosos.

Muito obrigado por tudo!

Equipe Educopédia

6 comentários:

  1. Olá!
    Não entendi as 40 horas. Há meses com 4 semanas!
    No entanto, passamos das 80,120, 160...de trabalho.
    Como mensurar o tempo gasto em pesquisa de conteúdos,objetos,ferramentas, tutoriais, além das leituras necessárias para elaboração de OAs.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Fátima, o mês tem 30 ou 31 dias, com exceção de fevereiro. Vocês estão recebendo R$900 ou mais (dependendo da formação) para dedicar 8 horas por semana ao projeto. 40 horas foi um arredondamento. Se você passa essa quantidade de horas se dedicando ao projeto, excelente. Basta registrá-las num relatório. Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Rafael, você sabe sabe que a maioria passa muito mais do que isso se dedicando ao projeto. Se a bolsa fosse proporcional às horas de trabalho seria ótimo!
    No entanto, a segunda pergunta não foi respondida.
    Por exemplo, 8h de pesquisa de links e leitura de crônicas, 4h de pesquisa em livros, 4h de produção de texto, 2h de pesquisa de imagens,4h de produção de um OA com ferramenta conhecida, 4 de procura de novas ferramentas, 4h de pesquisa de tutoriais em português,fora as horas que passamos lendo tabelas, e-mails e fóruns.
    Tudo isso para produzir um OA para um produtor. Acha exagero? Não é.Passamos das 8h semanais.
    Meu exemplo serve como relatório?
    Desculpe a franqueza, mas ando esgotada.
    Não desisto facilmente e estou sempre disposta ao trabalho enquanto o corpo aguenta.
    Agradeço, aguardo instruções e deixo o meu abraço,
    Fátima

    ResponderExcluir
  4. Professora Fátima, com todo o respeito que eu tenho por você, discordo 100% de algumas de suas colocações e sugiro que você pratique mais a generosidade e a gratidão.

    Não sei que a maioria passa muito mais das horas combinadas. As regras sempre foram claras.

    Se você não está satisfeita com o projeto, abra mão da sua vaga para outra candidata.

    Acho um enorme exagero a sua descrição de horas para somente um objeto de aprendizagem.

    A partir de agora, quero relatórios de todas as horas trabalhadas para verificarmos a sua produção.

    Um pedido: Se quiser continuar essa conversa, envie um email para rafaelparente@gmail.com.

    ResponderExcluir
  5. Raphael,
    Contando com sua generosidade e gratidão,faço outro pedido: acredite!
    Só abro mão da minha vaga se adoecer. Se não estivesse satisfeita já teria desistido.
    Eu entendi que todos vão enviar relatórios.
    Vou enviar o email para continuar a conversa.

    ResponderExcluir